quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

A Deriva


Tenho passado por dias ruins, muito ruins, boa parte por minhas escolhas ruins outra parte por ocasião da vida.
Perdi uma pessoa que tinha um papel muito importante para a minha família, alguém que estava buscando ser feliz e fazer as pessoas a sua volta feliz.
Perdi outra pessoa que está cada vez mais perdida, perdi o limite do que é saudavel para se reatar um relacionamento, perdi a cabeça, perdi chances preciosas de retomar o que eu considero hoje a coisa mais importante da minha vida e a chance de ser visto com respeito e como alguém saudavel.
As minhas palavras já não tocam mais o coração de uma pessoa e perderam credibilidade.

Enfim são tantas perdas que fiquei balançado de fato, como se estivesse à deriva e sozinho em um imenso mar, como se estivesse diante de uma dor que só iria aumentar sem fim e não iria se curar.
Cheguei ao fundo do poço, mas como disse a Gisela Rao do VAE, todo fundo de poço tem uma mola.
Infelizmente meu familiar não irá mais voltar e a minha garota também não, eu os perdi de maneiras diferentes, onde em uma delas eu fui o principal responsável (eu não matei ninguem! rs), não há mais nada a se fazer e correr atras agora só irá piorar tudo...

O bom disso tudo foram alguns acontecimentos, que como sempre me mostram que é para frente que se anda...
Fui para praia retomar o meu projeto de surfe...kkk e estava lá com o meu primo falando do momento dificil e de como não conseguia voltar minhas energias para outra coisa além de querer a quem não posso, enquanto falava, passava um navio muito grande, enorme!
Eu falava e lentamente ele navegava para o porto, a conversa foi rolando, eu ficava mais tranquilo e relaxado, olhando a paisagem e de repente, cade o navio?
Como podia um navio gigantesco como aquele sumir assim?
E realmente ele não estava mais ali, a conclusão foi imediata, ele pode ser grande, pode navegar lentamente, mas ele passa, assim como qualquer outro problema em nossa vida.
Incrível como aquilo me animou ( a Fênix renascendo...hehe), e caiu uma ficha única, por mais que eu ainda possa sentir um pouco, as coisas estão encaminhando e eu tenho tranquilidade para saber que vão ficar bem,
Ela não vai mais voltar mesmo, mas não vai alimentar coisas ruins por mim, afinal, sei que errei na insistência, mas não causei nenhum mau irreparável, fiz tudo por acreditar piamente no amor, por acreditar que o orgulho deve sempre ficar de lado quando falamos de amor e por mais que possa paracer degradante não fere, não deixa magoas, por foi algo que fiz entregue e buscando ser feliz.
Não deu certo, mas não deixei de lutar pela minha felicidade, posso encontra-la em outro lugar que não seja só em mim.
Continuo a deriva no mar, mas agora é diferente, mais calmo e amadurecido, aprendi com meus erros e tenho uma familia que precisa de mim.
E o que me deixa mais feliz é que esse ano esta realmente bom!
Não consigo deixar de ter essa sensação, não consigo esquecer disso, não há navio que vá parar em meu caminho, não porque virei um iceberg estacionado no mar, mas porque estou aprendendo a fluir como a água e ir contornando meus problemas...

Gostaria de agradecer a todos os comentários que me fazem muito bem e perguntar se alguem sabe qual é a forma mais legal de agradecer, se é responder abaixo dos comentários, ou fazendo uma prazerosa visita aos blogs de quem comenta? kkkk
Fico muito feliz em ler essas mensagens positivas e não sei como agradeço.

Desde já muito Obrigado!

Próximo post tem poema!!

Resumo do dia:
No cigar : -
No vicious: -
Soundtrack of today:  HOME - EDWARD SHARPE AND THE MAGNETIC ZEROS


Porque: É bom voltar para casa....

É isso ai... Seja FELIZ!!!

7 comentários:

  1. É essa é a mágica da vida. Quando amadurecemos e olhamos a nossa volta e vemos que tudo passa, até mesmo a maior dor que sentimos, passa, mais cedo ou mais tarde. Nossos erros não serão apagados, mas se o que fizermos foi com amor e foi por bem, a vida nos retornará assim desse jeito.

    Tudo o que você observar vai fazer você enxergar como a vida é cíclica, como realmente daqui há algum tempo olharemos para as coisas que deixamos passar por nós de outro modo. Isso faz parte do nos tornarmos maduros, ou , como eu prefiro dizer deixarmos de ser "verdes"...Mas é sempre assim e o final é bom, porque sempre nos alimentamos de esperança.

    Amigo querido, fique tranquilo quanto a melhor forma que achar para agradecer, quer seja aqui, quer seja em nossos Blogs ou, simplesmente não dizendo nada, você estará escolhendo o seu modo de ser grato. Seja feliz e já estará nos sendo imensamente grato. Grande Beijo. Sempre aqui, ao seu lado.

    ResponderExcluir
  2. Sei muito bem o que é sentir-se a deriva... tbem ja perdi entes queridos (mãe e pai), tbem ja senti a dor do fim de um longo relacionamento... Mas sobrevivi, aprendi, e estou buscando ser feliz todo dia, vivendo o hoje. E posso garantir que estou conseguindo.. e tenho certeza que você tbem conseguira !! Avante, amigo !!! Beijo grande

    ResponderExcluir
  3. Oi, irmão!

    Como sabe, sei muito bem o que você está passando... É incrível como nossas histórias são parecidas.
    Por isso, que às vezes te digo coisas duras mais necessárias (me desculpe).
    Sabe! Quando eu estava vivendo minhas tribulações (você sabe do que estou falando) eu detestava o tempo...
    Amigos me diziam que com o tempo as coisas passavam... eu ficava irada!
    Hoje aprendi que o tempo é nosso melhor aliado.
    E pra encurtar a prosa... vou postar algo especial no meu blog, algo que hoje vai parecer que não tem nada a ver, mas daqui uns anos voltamos a falar sobre isso, combinado?
    Dedico “Nada Como o Tempo” a você amigo tão querido...
    Fique em paz.
    Forte abraço da sua amiga Maga.

    Borá lá ler o texto! : )

    ResponderExcluir
  4. Ah! Você não precisa nos agradecer... Te ver bem, em paz e feliz será o melhor dos agradecimentos.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Adorei a analogia do navio...eu é que te agradeço de compartilhar as emoções e experiências.
    Obrigada! Me ajudou.
    Bjs
    Marta Maia
    Rio de janeiro
    martaraquel2005@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá! Estava navegando na blogosfera e me deparei com teu blog, adorei!
    Amo fazer novas amizades, conhecer pessoas, trocar idéias, novas perspectivas, algum sentido pra tudo isso aqui.
    Teu cantinho é belo, cativante ... já estou te seguindo...
    Se puder visita meu blog, e conheça um pouquinho desse ser complexo kkkkkk..
    Abraços apertados!

    *´¨)
    ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` *♥ Jussara Christina ♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥

    ResponderExcluir
  7. Calma amigo, tudo nessa vida passa.... talvez seja dificil no começo, mas vai passar.
    com esse turbilhão de problema vc vai amadurecer e com certeza vai olhar a vida com outros olhos daqui uns tempos. Confie em Deus que ele guiará seus passos.
    se quiser visite me blog, não escrevo tao bem qnt vc, mas não custa nada né..

    ResponderExcluir